Logotipo Alambra - 15 anos

A CID DA LAM


A Classificação Internacional de Doenças (CID) foi conceituada para catalogar de forma padronizada as doenças e os problemas relacionados à saúde, tendo como referência a Nomenclatura Internacional de Saúde estabelecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A relevância da CID é possibilitar os registros de morbidade hospitalar e ambulatorial, contribuindo com todos os sistemas que efetuam esse tipo de comparação (em termos globais) e, a partir daí, conhecer a incidência de uma determinada patologia e instituir políticas públicas para tratamento da doença.

No Brasil, a CID atualmente em vigor é a CID-10. Ela tem três códigos, que poderíamos destacar:

• Linfangiomiomatose (M9175/1) – Classifica a doença como tumor de vasos linfáticos. Entretanto, existe uma diferença entre a linfangiomiomatose e a linfangioleiomiomatose: a primeira apresenta crescimento e dilatação dos vasos linfáticos e a segunda apresenta, além dessas características, multiplicação de células musculares. Essa CID não deve ser utilizada para portadores de LAM.

• Doença pulmonar intersticial não identificada (J84-8) – Empregada por muito é usada para a solicitação de medicações.

• Neoplasia de comportamento incerto ou desconhecido de outras localizações especificadas (D48-7) – Atualmente utilizada para relatórios ou solicitação de benefícios.

A expectativa é que a publicação da listagem da CID-11, para 2017, pela qual também a Alambra vem lutando, possa estabelecer um código específico para a LAM.